IMPLANTES HORMONAIS

Soroterapia e Injetáveis

    Através da terapia endovenosa (soroterapia) administramos através da veia, vitaminas, oligoelementos, aminoácidos, antihomotóxicos, antioxidantes, quelantes de metais tóxicos, e até medicações.
    A soroterapia proporciona um melhor aproveitamento dos nutrientes, que ficam 100% biodisponíveis para alcançar as células. Diferentemente da via oral, onde a perda através do trato digestório é em média 80%, ou seja, aproveitamos no máximo 20% daquilo que ingerimos pela via oral! No caso por exemplo da suplementação do ferro pela via oral, menos de 10% alcança efetivamente as nossas células!
    Depois de acomodado em uma poltrona, o cliente recebe na veia a infusão preparada com os ativos conforme as suas indicações: destoxificação hepática, remoção de metais tóxicos, reposição de aminoácidos para a hipertrofia muscular, matéria prima para a produção de neurotransmissores como a dopamina (melhora as compulsões), serotonina (melhora o humor), melatonina ( qualidade do sono), correção da anemia, ativos para a queda de cabelos, melhora da memória, reposição de nutrientes em pacientes bariátricos, etc

Em que este tratamento pode ser útil?

• Repor as deficiências nutricionais de forma mais rápida e efetiva, enquanto a via oral atinge os níveis necessários, melhorando a energia e o bem estar do paciente.
• Repor de forma segura e eficaz a vitamina D
• Repor o ferro nos casos de anemia ferropriva, em pacientes bariátricos.
• Repor as vitaminas do complexo B, como a B12, que depende do fator intrínseco do estômago e encontra-se deficiente em pacientes bariátricos.
• Fornecer ativos que atuem na destoxificação hepática, melhorando o metabolismo.
• Fornecer ativos que melhorem a produção de neurotransmissores que agem reduzindo a compulsão alimentar, melhorando o humor, a qualidade do sono e a disposição física.
• Fornecer agentes quelantes que se ligam fortemente aos metais tóxicos e os expulsam do organismo, tais como o mercúrio, alumínio, cádmio, chumbo entre outros. Pacientes que estejam substituindo suas restaurações dentárias de amálgamas por resinas, devem se submeter a este tratamento, sob o risco de sofrerem intoxicação por mercúrio.
• Prover ativos antioxidantes que melhoram as artérias e o sistema cárdio-vascular, otimizando a saúde do coração e cérebro.
• Oferecer ativos que reduzam a inflamação e o desgaste das articulações, bem como das estruturas compostas por colágeno, atuando na melhoria de processos como artrose, artrites, dores musculares e articulares, doenças da pele (vitiligo, psoríase etc) entre outros.
• Fornecer aminoácidos como HMB, leucina, lisina, L-carnitina entre outros – que reforçam a imunidade, auxiliam no emagrecimento e promovem aumento de massa muscular, melhore a função erétil.
• Tratar as disfunções mitocondriais e melhorar a produção de energia pelas células, sendo de grande valia para a fadiga crônica.
• Suprir o organismo de ativos que aprimorem a memória, tais como o Alfa-GPC (α-glicerilfosforilcolina), que é um fosfolipídio derivado da fosfatidilcolina (percursor da acetilcolina) e possui ação otimizadora da memória e aprendizados, sendo importante coadjuvante na prevenção e tratamento do Alzheimer.
• Prover substâncias que melhorem o sistema imune.

soroterapia